FacebookTwitterGoogle+

                                                             
 

Em que data nascem Jesus? O que a bíblia diz sobre o assunto?  Pra muitos estudiosos já é certo que ele nao nasceu no natal.
Essa é um discursão que sempre vem a tona na época em que comemoramos o natal. Aqui está um reflexão bíblica sobre o tema.
 
E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. (João 1:14)

Se você não conhece o texto de cor,  leia todo o capitulo de Lucas 1, por favor.

 Aqui Começa Lucas 1:5-9  

 
 5 Nos dias de Herodes, rei da Judéia, houve um sacerdote chamado Zacarias, do turno de Ábias. Sua mulher era das filhas de Arão e se chamava Isabel. Ambos eram justos diante de Deus, vivendo irrepreensivelmente em todos os preceitos e mandamentos do Senhor. E não tinham filhos, porque Isabel era estéril, sendo eles avançados em dias. Ora, aconteceu que, exercendo ele diante de Deus o sacerdócio na ordem do seu turno, coube-lhe por sorte, segundo o costume sacerdotal, entrar no santuário do Senhor para queimar o incenso;

                                           


​Se você leu pelo menos o texto bíblico que eu colei acima, preste a atenção nas palavras - do turno de Ábias, e na ordem do seu turno, estas duas observações será importantes para se compreender que Ele não nasceu no natal. Entretanto o restante do capitulo também é importante para compreensão do assunto.

 
O que vemos ai é que Zacarias sacerdote, era casado com Isabel, e eles já estavam com idade avançadas, e não tinha filhos porque Isabel era estéril, o Zacarias foi escalado para ministrar no templo, e quando ele entrou no tempo para preparação, (queimar incenso) o povo esperava do lado de fora, la dentro do templo, ele teve um visão, um anjo de Deus apareceu a ele e lhe disse: sua mulher ficará grávida e dará a luz a um menino, e que aquele menino, era especial e lhe daria muitas alegrias, o Zacarias cheio de medo, e com razões lógicas duvidou. O anjo disse pra ele que como prova ele ficaria mudo por um tempo, depois quando acabou o turno dele, que durava 15 dias, ele foi pra casa e o texto diz que depois de algum tempo a Isabel sua mulher ficou grávida.   
 
A conclusão a que chegamos até agora é a seguinte: João Batista, o profeta, o precursor de Jesus, foi concebido imediatamente após o período em que ocorria o “turno de Abias”, ou seja, quando Zacarias voltou para casa, para se juntar a sua esposa, depois de ministrar no templo. Talvez tenhamos que contar uns sete dias a mais porque tinha um período de purificação.


             

Ele Não Nasceu no Natal

A Ponta do Içeberg em Duas Expreções

Um Anjo Visita Maria e Faz Revelações

My Image

Dois Anos Novos no Mesmo Ano

Ante de continuarmos nesse assunto vamos ver uma outra coisa, a relatividade dos calendários, Judaico e Gregoriano, os dois tem basicamente 12 meses e 30 dias cada mês. O nosso calendário é gregoriano, e é feito de acordo com o sistema solar, começa em 1 de janeiro e termina em 31 de dezembro. O calendário judaico, e feito conforme o sistema lunar, começa em 14 dias antes da páscoa, Núm 9:5  “Então celebraram a páscoa no dia catorze do primeiro mês, pela tarde...” O nome do primeiro mês é Abibe. Ex; 23:15 A festa dos pães ázimos guardarás; “sete dias comerás pães ázimos, como te tenho ordenado, ao tempo apontado no mês de Abibe;.” pra você encontrar os outros meses é só procurar na bíblia, o nomes deles estão abaixo.
O primeiro mês do calendário religioso judaico coincide mais ou menos com o nosso mês de março (veja o quadro!). É fato e bem sabido que a Páscoa é uma festa móvel, que cai em março ou abril. Ela é móvel justamente porque sua data não é marcada segundo o nosso calendário, mas segundo o calendário judaico, que se baseia no ano lunar (o nosso é solar, romano, gregoriano já disse).
 

 
As pessoas que estão familiarizadas com os noticiários e costumes modernos dos israelitas poderão ficar na duvida com estas constatação, pois na verdade os judeus dos nossos dias, em todo o mundo, comemoram o Ano Novo na data da Festa dos Tabernáculos (ou Festa das Trombetas), isto é, entre setembro ou outubro. Esta discrepância com a determinação bíblica se deve ao fato de que os israelitas, no decorrer dos séculos, por razões que não vêm ao caso neste estudo, mudaram o início do ano civil para o meio exato do ano religioso – a data da Festa dos Tabernáculos, e por isto existem dois inícios do ano judaico: o secular começar na Festa de Tabernáculos, no primeiro dia do sétimo mês do ano religioso (Lv. 23:23-25), e o ano religioso, que é 100% bíblico, que começa catorze dias antes da Páscoa (Celebrando a saída do Egito). Contudo, para nós as modificações feitas pelos homens nada nos interessam. interessa-nos a Palavra do Senhor: “Este mês ( o mês de Abibe, o da Pascoa ) ... será o primeiro mês do ano (Ex. 12:1,2)”. Assim, o ano religioso começa a primeira festa Bíblica, Páscoa, enquanto que o ano civil começa com a terceira festa Bíblica, a Festa de Tabernáculos.

Com todos este dados em mãos, você agora deve estudar com atenção redobrada, o quadro que segue este estudo, a fim de entender melhor.

Do not Entre

Provavelmente, Isabel fica gravida em julho, seis meses depois Maria fica gravida de Jesus 9 meses depois nasce o Salvador Jesus o Cristo.

A partir do verso 26 desse capitulo 1 de Lucas, esta dito que seis meses depois, o mesmo anjo visitou Maria, e ela “achou-se grávida pelo Espírito Santo”.
O anjo disse para ela quem seria o menino, e que ele se chamaria Jesus,  no final daquela visita, o anjo ainda disse a Maria que : “a Isabel, a tua parenta, igualmente está gravida de  um filho na sua velhice, sendo este já o sexto mês para aquela que diziam ser estéril.
Pois bem: agora chegamos à conclusão de que Jesus foi concebido seis meses depois de João Batista, ou seja, seis meses após o período ou “o turno de Abias”.
 
No livro de 1º Crônicas 24, a biblia apresenta a relação dos turnos que foram organizados para que os sacerdotes pudessem ministrarem na casa do Senhor. obviamente cada turno de sacerdotes duraria quinze dia.(1º Cronicas 24:7-18)

7 E saiu a primeira sorte a Jeoiaribe, a segunda a Jedaías, 8 A terceira a Harim, a quarta a Seorim, 9 A quinta a Malquias, a sexta a Miamim, 10 A sétima a Hacoz, a oitava a Abias, 11 A nona a Jesua, a décima a Secanias,  12 A undécima a Eliasibe, a duodécima a Jaquim,  13 A décima terceira a Hupa, a décima quarta a Jesebeabe, 14 A décima quinta a Bilga, a décima sexta a Imer, 15 A décima sétima a Hezir, a décima oitava a Hapizes, 16 A décima nona a Petaías, a vigésima a Jeezquel,  17 A vigésima primeira a Jaquim, a vigésima segunda a Gamul,  18 A vigésima terceira a Delaías, a vigésima quarta a Maazias.. O TURNO DE ABIAS ERA O OITAVO.
 
Esses turnos foram organizados por Davi; Eles começaram a ministrar no tabernáculo de Davi, depois passaram a ministrar da mesma forma no templo de Salomão, depois no templo pos-exilio, depois no templo construído por Herodes conforme verificamos em Lucas 1:5, e continuaram a ser obedecidos na ordem devida até a destruição do templo por volta do ano 70. É fácil concluir que essa escala devia ser cumprida no decorrer do ano religioso ou litúrgico, religiosos que são, essas coisa são importantes para os judeus.

 


A Diferença Entre os Calendários

Ano Judaico

Concebido em Hanuka e Nascido em Tabernaculos

                                        



João Batista foi gerado logo depois do período em que os sacerdotes do turno de Abias serviam no templo, ou seja, no fim de junho ou começo de julho, em nosso calendário. Jesus nosso Senhor, foi gerado pelo Espírito Santo seis meses depois, isto é, no fim de dezembro ou começo de janeiro (provavelmente durante os dias da festa de Hanuká – a festa das luzes). Contando-se os nove meses normais de gestação, cronológicamente, Maria veio dar à luz ao nosso Senhor e Deus, no fim de setembro ou começo de outubro – nos dias da Festa de Tabernáculos, no ano seguinte, ou sétimo mês do calendário judaico – o mês de Etanim (I Rs. 8:2). O sétimo mes judaico era marcado pela solene Festa dos Tabernáculos, a terceira e última das grandes festas instituídas por Deus por intermédio de Moisés.
A conclusão a que chegamos é de que Jesus não nasceu nem poderia ter nascido em dezembro, nem poderia usar para nascer uma data de festividade pagã, como a Saturnália romana ou o natalis invicti solis, mas usou uma festa judaica, a Festa dos Tabernáculos, como ocasião para vir ao mundo. E o Verbo se fez carne, e TABERNACULOU entre nós,..... (João 1:14). Diante do exposto podemos afirmar que Ele não nasceu no natal. 
 
É importante notarmos a esta altura que estamos tratando com um Deus sábio e lógico, autor e consumador de todas as coisas, e que determinou a órbita de todos os astros com exatidão inestimável, e que não fez nada por acaso ou por coincidência, nem é tomado de surpresa pelo desenrolar dos acontecimentos, pois só ELE é Onisciente.

E o Verbo se fez carne, e TABERNACULOU entre nós,..... (João 1:14)  Toda honra e toda Gloria seja dada a ELE. amem.

                                                                                             
​Siciadriano novembro10,2010

My Image
FacebookTwitterGoogle+

Gostou? te trouxe conhecimento? Então Compartilhe,
​​​​​​​Que Deus Abençoe Você.